Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Notícias e Estórias

O momento justifica-o e o objecto da família, Ex-Militares da Companhia de Caçadores 3485, impõe-no. Vamos, todos, contribuir com notícias e estórias do presente e do passado.

Notícias e Estórias

O momento justifica-o e o objecto da família, Ex-Militares da Companhia de Caçadores 3485, impõe-no. Vamos, todos, contribuir com notícias e estórias do presente e do passado.

Repostos mais de 400 quilómetros de linha-férrea do CFB

Alto Chicapa, 16.02.09

 

Lobito - O director-geral do Caminho-de-Ferro de Benguela (CFB), Daniel Quipaxe, considerou terça-feira satisfatório o ritmo dos trabalhos da reabilitação da linha-férrea entre a cidade do Lobito (Benguela) e o município do Luau (Moxico), numa distância de mil e 314 quilómetros.

 

Em declarações à Angop, o responsável disse que os trabalhos de reposição da nova linha-férrea atingiram mais de 400 quilómetros com a chegada à cidade do Huambo, estando em curso apenas os retoques de consolidação do ramal e a conclusão de estações e apeadeiros.

 

 

 

A fonte adiantou que decorrerem trabalhos de preparação da base onde se assentará a ferrovia no ramal entre as cidades do Huambo e do Kuito, na província do Bié.

 

Enquanto isso, no ramal entre as cidades do Kuito (Bié) e Luena (Moxico) está em curso trabalhos de desmatação da via onde passará a linha-férrea.

 

Daniel Quipaxe disse acreditar que os prazos estabelecidos de fazer chegar o comboio ao município do Luau em 2010 serão cumpridos, a julgar pela dinâmica e empenho dos técnicos têm a demonstrado.

 

 

O responsável adiantou que ao longo da linha estão a ser erguidas 72 estações, 20 das quais de primeira classe e capacidade para qualquer carga, mais de 30 de nível médio e o resto serão apeadeiros.

 

Estudos feitos revelam que o Caminho-de-ferro de Benguela deverá transportar anualmente uma média de quatro milhões de passageiros e transportar mais de 20 milhões de toneladas de cargas diversas.

Por outro lado, Daniel Quipaxe se mostrou satisfeito pelo facto de 250 jovens estarem a frequentar cursos de maquinistas, electricistas, mecânicos e serralheiros com bom aproveitamento.

 

Notícia Angop

Transcrita por Carlos Alberto Santos

 

Ex-Militares da 3485 no MEO Kanal

Canal nº 888882 – Ex-Militares da 3485 no MEO Kanal