O momento justifica-o e o objecto da família, Ex-Militares da Companhia de Caçadores 3485, impõe-no. Vamos, todos, contribuir com notícias e estórias do presente e do passado.
Comentar
publicado por Alto Chicapa, em 23.12.09 às 00:09link do post | favorito

A Companhia de Caçadores 3485 foi uma das três companhias operacionais do Batalhão 3870. Formou-se, no ano de 1971, no quartel de Chaves e no Campo Militar de Santa Margarida.

 

Podes recordar aqui, com algumas imagens, todos os nossos nomes.

 

Esteve em Angola de Fevereiro de 1972 a Julho de 1974.

 

...terra de magia e beleza... que podes recordar aqui, com fotografias cedidas pelo António Ferreira, Daniel Velosa, Carlos Alberto Santos, Álvaro Marques, Carlos Oliveira, Carlos Tavares Santos e Manuel Coimbra.

 

 

 

Angola, terra de magia e beleza, marcou a nossa juventude. As nossas memórias, entre perigos e alegrias, retiveram as populações, muitas e variadas paisagens de sonho e a camaradagem. Luanda, Nova Lisboa, Luso, Henrique de Carvalho, Teixeira de Sousa, Gago Coutinho, Sacassange, Canage, Lucusse, Alto Chicapa, António Cavula, Camachilonda, Cacolo, …, (nomes da época), fazem parte das nossas vidas.

 

...esta época, que fez parte das nossas vidas, e que podes recordar aqui com textos escritos por Manuel Esteves com Cambatxilonda, Manuel Carvalho com Paragem Leste  e Carlos A Santos com Chicapa, o final da viagem e As minhas conversas com Sá Moço.

 

 

 

Como qualquer guerra, esta foi igualmente injusta, estúpida, cruel e que em muitos momentos nos fez sofrer tanto, mas qualquer que seja a abordagem a este passado, sabemos que é extraordinário em todos os aspectos a camaradagem e a amizade que se mantém, como podes ver:

Um Feliz Natal para todos, e... um abraço do tamanho do Txicapa, como diz o nosso bom amigo Manuel Esteves.

 

Também desejo, umas Boas Festas e de um Bom Ano Novo ao povo angolano.

 

 

Carlos Alberto Santos

 


Comentar
publicado por Alto Chicapa, em 20.12.09 às 23:22link do post | favorito

 

Carlos Alberto Santos

 


Comentar
publicado por Alto Chicapa, em 16.12.09 às 12:57link do post | favorito

É verdade, o Natal já está aí... por todo o lado... fazem-se listas, planos, projectos... tudo para que nada, nem ninguém, seja esquecido.

 

Enviar um postal de Natal, desejando Boas Festas, também é uma tradição... mas quando é feito com arte a mensagem chega mais forte.

 

 

Obrigado Carvalho, gostei!

 

Carlos Alberto Santos

 

 


Comentar
publicado por Alto Chicapa, em 16.12.09 às 01:23link do post | favorito

 

 

 

Carlos Alberto Santos

 


Comentar
publicado por Alto Chicapa, em 09.12.09 às 23:57link do post | favorito

a festa vai começar...

 

 

 

Rua com eles... no meu trabalho, era despedido!

 

Carlos Alberto Santos

 


Comentar
publicado por Alto Chicapa, em 06.12.09 às 23:16link do post | favorito

Uma rede 61 hotéis vai nascer em Angola nos próximos anos.

 

É um investimento que a AAA Activos está a efectuar, visando tornar o sector mais competitivo e alargar a oferta com a criação de unidades hoteleiras simultaneamente voltados para os diversos segmentos de mercado, disse ontem, à imprensa, o presidente da empresa, São Vicente.
 

A marca “Ika Hotel” é destinada ao segmento alto e está prevista a construção de uma rede de 21 hotéis em todo país, ao passo que para a marca “Iu Hotel” para o segmento médio e baixo está prevista, na primeira fase, a construção de 40 hotéis, numa altura em que já alguns estão a ser erguidos.
 

A primeira marca, de luxo e imponente, tem 200 quartos por unidade, dos quais 145 quartos executivos e cinco suites executivas luxuosas.
O IU Hotel, simples e com serviços limitados, conta com 60 quartos. Parte considerável cadeia de hotéis está pronto até Agosto ou mesmo Setembro do próximo ano.
 

O investimento, afirma São Vicente, vai abranger todas as capitais provinciais e numa segunda fase alguns municípios, mercê da sua importância e dinamismo económico.
Os IU Hotéis do Lubango (Chela), Luanda (Talatona) são os que estão em fase avançada de construção.
 

Promover o turismo doméstico e dotar o país com uma rede hoteleira competitiva em todas as províncias é o objectivo do investimento que a AAA Activos está a realizar. “Queremos apostar e estimular o turismo e o movimento de angolanos dentro do seu próprio país para evitar que gerações de angolanos desconheçam o país e isto passa pela criação de condições”, referiu.
 

“Em Angola estamos habituados a falar em hotelaria mas trazemos um conceito que assenta na hospitalidade, no sentido de incentivar a mobilidade das pessoas e o turismo doméstico”, completou o presidente das AAA, São Vicente.

 

Notícia Jornal de Angola

Transcrita por Carlos Alberto Santos

 


Ex-Militares da 3485 no MEO Kanal
Canal nº 888882 – Ex-Militares da 3485 no MEO Kanal
mais sobre mim
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18
19

21
22
24
25
26

27
28
29
30
31


Sala de Leitura
pesquisar
 
subscrever feeds