Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Notícias e Estórias

O momento justifica-o e o objecto da família, Ex-Militares da Companhia de Caçadores 3485, impõe-no. Vamos, todos, contribuir com notícias e estórias do presente e do passado.

Notícias e Estórias

O momento justifica-o e o objecto da família, Ex-Militares da Companhia de Caçadores 3485, impõe-no. Vamos, todos, contribuir com notícias e estórias do presente e do passado.

Custo Justo e OLX

Alto Chicapa, 25.03.13

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, procedeu a mais uma detenção no seguimento de uma investigação em curso pela prática reiterada de diversos crimes de burla através de meio informático.

 

O arguido, em coautoria com um outro homem, também detido por esta Polícia na semana passada, tem-se dedicado, nos últimos anos, como modo de vida, à prática de múltiplas burlas, através de meio informático, colocando anúncios na Internet a promover a venda de telemóveis, por um preço muito inferior ao do mercado, solicitando o seu pagamento antecipado, mas nunca chegando a proceder ao envio do produto.

 

Desta forma, obtiveram ambos vantagens patrimoniais que ultrapassam os setenta e oito mil euros.

 

O detido, de 24 anos, sem profissão, mudava constantemente de moradas para assim iludir as autoridades e as suas inúmeras vítimas.

Presente a primeiro interrogatório judicial, foi-lhe aplicada, tal como ao seu coautor, a medida de coação de prisão preventiva.

 

Origem da Notícia

 

Carlos Alberto Santos

Uma anedota... ao Sábado

Alto Chicapa, 23.03.13

Uma anã vai a uma consulta  ginecológica.

 

O médico pergunta em que pode ajudar.

- Bem doutor... Na verdade não sei como dizer... Mas cada vez que chove a minha vagina dói.

- Dói? Mas como? - Ah, doutor, ela dói,  arde, fica avermelhada...

- Bem. Suba na maca que eu vou examiná-la.

 

O  médico observa atentamente e diz: - Na verdade não encontro nada de  anormal... Mas como é a dor?

- É uma dor muito intensa, o interessante é que  sinto somente quando chove...

- Bem, venha num dia de chuva, assim posso fazer um diagnóstico mais preciso.

 

Passam-se 15 dias e numa tarde chuvosa aparece no consultório novamente a anã.

- Ai, doutor.  Não aguento mais de dor! Hoje, que chove, doi muito novamente!

 

O médico olha e manda-a deitar-se na  maca ginecológica. Coloca-lhe um lençol entre as pernas, agarra uma tesoura e começa a trabalhar. Depois de cinco minutos diz-lhe para descer da maca: - Como se sente?

A anã caminha um pouco e diz: - Estou muito bem doutor, já não sinto nada. O que é que o senhor fez? - Nada de especial! Só lhe cortei um pouco as botas de borracha.

 

CAS

A geração que nasceu na ditadura...

Alto Chicapa, 12.03.13

É provável que o Tribunal Constitucional decrete a inconstitucionalidade da sobretaxa de 3,5% aos reformados, tratados por este governo como cidadãos de segunda - provavelmente fazendo parte desse contingente de “instalados” que trava a ascensão dos jovens de que recentemente falava Miguel Relvas. Se é impossível negar a existência da inversão da pirâmide demográfica (e uma reforma da Segurança Social deveria sempre discutir a existência de tectos máximos, rejeitando reclamações patéticas do estilo do movimentos dos banqueiros reformados e etc.), obrigar um pensionista com mais de 1350 euros mensais a pagar a crise com uma sobretaxa é um atentado social e institui, de facto, uma desigualdade geracional. Tratar os reformados como cidadãos de segunda é tentar fazer recair sobre uma geração que nasceu numa ditadura, que não teve qualquer acesso ao Estado social até à idade adulta, que em alguns casos viveu o racionamento da Segunda Guerra, penou na guerra colonial e teve os seus direitos civis amputados até ao 25 de Abril de 1974, uma “culpa” de se ter transformado, na meia idade, sabe Deus como, numa geração de “privilegiados”.

Ler mais aqui.

 

Carlos Alberto Santos

 

Ex-Militares da 3485 no MEO Kanal

Canal nº 888882 – Ex-Militares da 3485 no MEO Kanal