O momento justifica-o e o objecto da família, Ex-Militares da Companhia de Caçadores 3485, impõe-no. Vamos, todos, contribuir com notícias e estórias do presente e do passado.
Comentar
publicado por Alto Chicapa, em 20.06.15 às 01:22link do post | favorito

Chamavam "terras do fim do mundo" a esse lugar para onde os mandaram na sua chegada a Angola, em Setembro de 1973. "Vais para o Leste? É o pior, isso são só mortos e feridos", diziam-lhe os que já estavam de regresso a Portugal. Nesse Leste, o primeiro sítio onde ficou chamava-se Lumbala. Ali, o entretém das horas mortas incluía mergulhos num rio onde primeiro se lançavam granadas para afastar os crocodilos. Tudo era hostil...

Ler mais aqui


Comentar
publicado por Alto Chicapa, em 19.06.15 às 00:27link do post | favorito

Vamos partilhar estes livros no nosso “Bookcrossing”... Não os deixes ficar parados lá por casa a um canto ou na prateleira a olhar para as visitas...

Auschwitz, Um dia de cada vez

Para que ninguém possa alguma vez esquecer.

 

 Ensaio sobre a cegueira

 Nele se descreve uma longa tortura. É um livro brutal e violento...

 

História do Cerco de Lisboa

 Não esquecer... estamos a ler Saramago.

 

Livros em "Bookcrossing":
Shantaram - Rosa Brava - Navegador da Passagem - Diário de um Guerrilheiro – Malabar - Filipa de Lencastre - Catarina de Bragança - A Casa Comboio - O Prémio - As Três Sereias – Papillon – Dissolução - Quando Nietzsche Chorou (cedido por Isabel Boavida) - Um ano no tráfico de mulheres - A fúria das vinhas - Diário de um Deus criacionista - O filho da preta - Peito Grande Ancas Largas - O Deus do Rio - Kafka à Beira-Mar (cedido por Carlos Malta Pires) - O Mago - Pastores Da Noite / Dona Flor e os Seus Dois Maridos – Náná – Nome da Rosa – O Mistério da Ilha de Luanda - Os Cus de Judas – Dembos, Floresta do Medo – Livro – O Último Bandeirante – Angola, O Conflito na Frente Leste (cedido por Manuel Chagas) - O Conde de Monte Cristo - O Centenário que fugiu pela janela e desapareceu - Retrato a Sépia - Romance de Cordélia - As vinhas da Ira - Cem Anos de Solidão - Auschwitz, Um dia de cada vez - História do Cerco de Lisboa - Ensaio sobre a cegueira.


Comentar
publicado por Alto Chicapa, em 14.06.15 às 13:23link do post | favorito

Magisterio_s

salinas1

salinas4

salinas2

Carlos Alberto Santos

 

 

 

 


Comentar
publicado por Alto Chicapa, em 13.06.15 às 00:33link do post | favorito

Fotografia de 1969/71

Magisterio_g

No Restaurante

Magisterio_rr

Magisterio_r

Magisterio_a

Magisterio_b

Salinas de Rio Maior

Magisterio_s

M Margarida Santos

 

 

 

 

 

 


Comentar
publicado por Alto Chicapa, em 09.06.15 às 00:00link do post | favorito

Reportagem

Viseu1

Viseu2

Viseu3

Viseu4

Viseu5

Viseu6

grupo2

 

grupo1

 

O nosso Vídeo

 

As palavras que não disse, mas devia...

O sábado, 16 de Maio, Almoço / Convívio dos Ex-Militares da Companhia de Caçadores 3485, em Viseu, foi o culminar de uma semana preenchida, feliz.

Desde o início de 2015, que os dias passam a correr, o trabalho ou o meu obi na viticultura vai-se acumulando e já nem a escrita ou a leitura são capazes de me manter num estado "zen". Mas, como quem corre por gosto não cansa, torna-se fácil descontrair, quando é necessário, e arranjar tempo para aproveitar os bons momentos.

Admito, que muitas pessoas, tenham uma cegueira inata de sentido único que lhes afeta a visão para outros caminhos, e as torna incapazes de ver os outros lados bons da vida, e das pessoas, que tornam isto tudo tão especial.

Pensando seriamente... sim, é verdade, nem sempre as coisas correm como nós queremos, ouvem-se muitos nãos e o acumular é... desgastante. Mas no meio de tudo isto há tanta coisa boa, e há, acima de tudo, pessoas boas, que nos adoram mesmo quando estamos cansados, desanimados ou sem tempo. Pessoas que arrancam o melhor de nós e nos fazem sentir no melhor dos mundos e, tantas vezes, nos esquecemos de lhes dar valor.

Hoje ao pensar no Convívio / Almoço de Viseu, resolvi, em vez de pedir e exigir, agradecer, agradecer muito, ficar grato por tudo que tenho, pelo que conquistei e acima de tudo, pelas pessoas e pelos amigos incríveis que dão cor aos meus dias.

A todos, o meu obrigado pelo excelente dia 16 de Maio.

Aos verdadeiros Homens do Leme,

  • O Gomes e a sua esposa, que organizaram, o nosso excelente convívio de 2015, em Viseu, e tão bem souberam receber,
  • O Rino e a sua esposa, os próximos responsáveis pela organização do Convívio / Almoço em 14 de Maio de 2016, na Batalha,

o meu BRAVO.

Um abraço do tamanho do Chicapa,

Carlos Alberto Santos

 

 

 

 


Ex-Militares da 3485 no MEO Kanal
Canal nº 888882 – Ex-Militares da 3485 no MEO Kanal
mais sobre mim
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

15
16
17
18

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


Sala de Leitura
pesquisar
 
subscrever feeds