Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Notícias e Estórias

O momento justifica-o e o objecto da família, Ex-Militares da Companhia de Caçadores 3485, impõe-no. Vamos, todos, contribuir com notícias e estórias do presente e do passado.

Notícias e Estórias

O momento justifica-o e o objecto da família, Ex-Militares da Companhia de Caçadores 3485, impõe-no. Vamos, todos, contribuir com notícias e estórias do presente e do passado.

Bin Laden

Alto Chicapa, 02.05.11

Morto ou assassinado?

 

O nosso mundo, aqui em Portugal, rejubila com mais um ato bárbaro dos serviços secretos americanos esquecendo os nossos princípios.

 

Será que, uma vez mais, tiveram medo de Osama, lá no tribunal, a responder pelos seus crimes.

 

Justiça?!

Como seriam, ao certo, os crimes de que era acusado, qual seria a sua defesa, e a lei a usar?

 

Justiça?!

Lembrei-me... a morte de Bin Laden será suficiente para desviar as atenções dos mercados ou fundos, das próximas eleições americanas e da atuação da NATO na Líbia?

 

Justiça?!

Terrorismo… também são os crimes económicos, a irresponsabilidade e o “genocídio” que os chamados mercados e a Europa praticam impunemente em três países, Grécia, Irlanda e Portugal.

 

Bem… na minha revolta, se escrevesse tudo o que sinto por este festim financeiro, seria aniquilado, mas… com a Europa a obrigar-me a abdicar da reforma... antes de morrer.

 

Carlos Alberto Santos

 

PS

Uma notícia, que cheira mal... corpo ao mar, já!

 

Ex-Militares da 3485 no MEO Kanal

Canal nº 888882 – Ex-Militares da 3485 no MEO Kanal

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Carlos Alberto Santos 03.05.2011

    Tal como Savimbi, em pouco tempo, a morte, do caçado Bin Laden, será pouco lembrada, mas os problemas com a economia dos mercados / fundos, esses vão continuar e o terrorismo será mais do mesmo, se... Entretanto não se lembrarem do nuclear.
    Para mim foi um dia igual a todos os outros... mas não, por ter estado na guerrilha.
    Com aquele texto, não tomei partido de "Sacanas ou de outros", só desejei prestar uma humilde homenagem a todas as vitimas da guerra global, cínica e hipócrita, nada santa, feita por Estados de Direito ou por clandestinos, que vão dizimando silenciosamente vidas no conflito israelo-árabe, de Nova Iorque a Cabul, de Londres a Bagdad, de Madrid a Islamabad e... o mais que ainda irá aparecer, depois da Líbia.
    Mas os textos, são assim mesmo tal como os livros, são para serem interpretados, livremente, por quem os lê.
    "Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe." - Oscar Wilde
    Um abraço, Fernandes. Obrigado pela assiduidade.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.