Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Notícias e Estórias

O momento justifica-o e o objecto da família, Ex-Militares da Companhia de Caçadores 3485, impõe-no. Vamos, todos, contribuir com notícias e estórias do presente e do passado.

Notícias e Estórias

O momento justifica-o e o objecto da família, Ex-Militares da Companhia de Caçadores 3485, impõe-no. Vamos, todos, contribuir com notícias e estórias do presente e do passado.

Guerra Económica, o vale tudo!

Alto Chicapa, 26.05.11

Antes... eram as cruzadas, as invasões, a guerra e os canhões a ditar as leis mais cruéis.

 

Hoje... pela calada do terrorismo e à sombra das armas teleguiadas asfixiam-se países, povos ou qualquer ser humano em nome de um qualquer assalto que foi antecipadamente e literalmente desenhado pelo poder económico.

 

E... não é só a Líbia que está a ser assaltada...

 

Nós por cá... todos bem, mas... cheira-me que, após a eleição do Sr. Obama, vem aí uma nova crise. Como será resolvida a enorme dívida Americana?

 

Ler mais aqui 

 

Carlos Alberto Santos

 

Ex-Militares da 3485 no MEO Kanal

Canal nº 888882 – Ex-Militares da 3485 no MEO Kanal

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Carlos Alberto Santos 27.05.2011

    Os indicadores, são chocantes:

    - A dívida externa total no mundo é já de 98% do PIB mundial; em 31 de Dezembro de 2009 somava 56,9 biliões de dólares (triliões, na designação anglo-saxónica) face a um PIB mundial em 2009 de 58,07 biliões;

    - A dívida externa dos 30 países ricos do grupo OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico) é 79% da dívida externa mundial;

    - Os quatro BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China) emergentes representam apenas 2,1% da dívida externa mundial; os quatro “cavaleiros” da dívida do Terceiro Mundo nos anos 1980 (Argentina, Brasil, México e Venezuela) detém, hoje, apenas 0,95% da dívida externa mundial;

    - A dívida externa da União Europeia representa 61,5% da dívida externa mundial e a Zona Euro detém 44%;

    - Os Estados Unidos têm uma dívida externa que é 23,6% da dívida externa mundial, com estados falidos;

    - Os seis países com o maior endividamento em relação ao PIB são: Irlanda (1005%); Holanda (470%); Reino Unido (416%), Suíça (269%), Bélgica (266%); Portugal (225%).

    - A situação dos cinco PIIGS (designação humorística pejorativa para o grupo mais frágil da zona euro) que têm estado em foco na recente crise de risco de default é a seguinte: Portugal com uma dívida externa total de 231% do PIB; Irlanda com 1009%; Grécia com 164%; Espanha com 160%; e Itália com 115%;

    - O mundo desenvolvido sofre de uma “maldição da dívida” que se vai estender por décadas: 15 países ricos vão levar mais de dez anos a conseguir fazer regressar o seu nível de dívida pública a 60% do PIB, segundo o indicador de “stresse da dívida” criado pela escola de negócios suíça IMD; para 2010, a estimativa de demora na resolução era de 74 anos para o Japão, 50 anos para Itália, 27 para Portugal, 25 para a Bélgica, 23 para os Estados Unidos, 21 para a Islândia, 20 para a Grécia, 19 para a França e 18 para a Alemanha e Reino Unido.

    Ainda faltam algumas verdades...
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.