O momento justifica-o e o objecto da família, Ex-Militares da Companhia de Caçadores 3485, impõe-no. Vamos, todos, contribuir com notícias e estórias do presente e do passado.
Comentar
publicado por Alto Chicapa, em 26.02.10 às 23:52link do post | favorito

A comuna do Alto-Chicapa, na Lunda-Sul, já tem um sistema de captação e distribuição de água, construído pelo governo local, no quadro do programa “Água para Todos”.
 

O vice-governador da Lunda-Sul para Área Económica e Social, Armando Jorge Segunda, que inaugurou o empreendimento, salientou o interesse das autoridades provinciais em continuar a trabalhar em prol da instalação, até ao fim do ano, de sistemas para abastecimento efectivo de água em todas as sedes comunais.
 

O administrador da circunscrição, Francisco Ngueno, lembrou que, com a entrada em funcionamento do sistema de captação,tratamento e distribuição, a população deixa de ter de percorrer longas distâncias em busca de água.

 

Notícia - Jornal de Angola

 

Carlos Alberto Santos

 

 


Comentar
publicado por Alto Chicapa, em 23.12.09 às 00:09link do post | favorito

A Companhia de Caçadores 3485 foi uma das três companhias operacionais do Batalhão 3870. Formou-se, no ano de 1971, no quartel de Chaves e no Campo Militar de Santa Margarida.

 

Podes recordar aqui, com algumas imagens, todos os nossos nomes.

 

Esteve em Angola de Fevereiro de 1972 a Julho de 1974.

 

...terra de magia e beleza... que podes recordar aqui, com fotografias cedidas pelo António Ferreira, Daniel Velosa, Carlos Alberto Santos, Álvaro Marques, Carlos Oliveira, Carlos Tavares Santos e Manuel Coimbra.

 

 

 

Angola, terra de magia e beleza, marcou a nossa juventude. As nossas memórias, entre perigos e alegrias, retiveram as populações, muitas e variadas paisagens de sonho e a camaradagem. Luanda, Nova Lisboa, Luso, Henrique de Carvalho, Teixeira de Sousa, Gago Coutinho, Sacassange, Canage, Lucusse, Alto Chicapa, António Cavula, Camachilonda, Cacolo, …, (nomes da época), fazem parte das nossas vidas.

 

...esta época, que fez parte das nossas vidas, e que podes recordar aqui com textos escritos por Manuel Esteves com Cambatxilonda, Manuel Carvalho com Paragem Leste  e Carlos A Santos com Chicapa, o final da viagem e As minhas conversas com Sá Moço.

 

 

 

Como qualquer guerra, esta foi igualmente injusta, estúpida, cruel e que em muitos momentos nos fez sofrer tanto, mas qualquer que seja a abordagem a este passado, sabemos que é extraordinário em todos os aspectos a camaradagem e a amizade que se mantém, como podes ver:

Um Feliz Natal para todos, e... um abraço do tamanho do Txicapa, como diz o nosso bom amigo Manuel Esteves.

 

Também desejo, umas Boas Festas e de um Bom Ano Novo ao povo angolano.

 

 

Carlos Alberto Santos

 


Comentar
publicado por Alto Chicapa, em 16.12.09 às 01:23link do post | favorito

 

 

 

Carlos Alberto Santos

 


Comentar
publicado por Alto Chicapa, em 06.12.09 às 23:16link do post | favorito

Uma rede 61 hotéis vai nascer em Angola nos próximos anos.

 

É um investimento que a AAA Activos está a efectuar, visando tornar o sector mais competitivo e alargar a oferta com a criação de unidades hoteleiras simultaneamente voltados para os diversos segmentos de mercado, disse ontem, à imprensa, o presidente da empresa, São Vicente.
 

A marca “Ika Hotel” é destinada ao segmento alto e está prevista a construção de uma rede de 21 hotéis em todo país, ao passo que para a marca “Iu Hotel” para o segmento médio e baixo está prevista, na primeira fase, a construção de 40 hotéis, numa altura em que já alguns estão a ser erguidos.
 

A primeira marca, de luxo e imponente, tem 200 quartos por unidade, dos quais 145 quartos executivos e cinco suites executivas luxuosas.
O IU Hotel, simples e com serviços limitados, conta com 60 quartos. Parte considerável cadeia de hotéis está pronto até Agosto ou mesmo Setembro do próximo ano.
 

O investimento, afirma São Vicente, vai abranger todas as capitais provinciais e numa segunda fase alguns municípios, mercê da sua importância e dinamismo económico.
Os IU Hotéis do Lubango (Chela), Luanda (Talatona) são os que estão em fase avançada de construção.
 

Promover o turismo doméstico e dotar o país com uma rede hoteleira competitiva em todas as províncias é o objectivo do investimento que a AAA Activos está a realizar. “Queremos apostar e estimular o turismo e o movimento de angolanos dentro do seu próprio país para evitar que gerações de angolanos desconheçam o país e isto passa pela criação de condições”, referiu.
 

“Em Angola estamos habituados a falar em hotelaria mas trazemos um conceito que assenta na hospitalidade, no sentido de incentivar a mobilidade das pessoas e o turismo doméstico”, completou o presidente das AAA, São Vicente.

 

Notícia Jornal de Angola

Transcrita por Carlos Alberto Santos

 


Comentar
publicado por Alto Chicapa, em 01.09.09 às 23:45link do post | favorito

Os blogs são assim, e... ainda bem. São como a vontade ou como a vida, num ápice deixam de existir.
 

Mesmo assim, eles serão, sempre, informação, divulgação, conhecimento, irreverência, um arquivo de memórias e muito mais, são gestos que vão até ao convívio entre quem os faz e quem os lê.
 
José Saramago despediu-se hoje do seu blog e de algo de mim, porque o lia!
Obrigado pela partilha.

 

Despedida por José Saramago
Num texto intitulado «Despedida», com a data de 31 de Agosto, o prémio Nobel da Literatura lembra: o refrão que não há bem que sempre dure nem mal que ature, o que vem assentar como uma luva no trabalho de escrita que acaba aqui e em quem o fez. Algo de bom se encontrará nestes textos, e por eles, sem vaidade, me felicito, algo de mal terei feito noutros e por esse defeito me desculpo, mas só por não tê-los feito melhor, que diferentes, com perdão, não poderiam eles ser. Às despedidas sempre conveio que fossem breves. Não é isto uma ária de ópera para lhe meter agora um interminável adio, adio. Adeus, portanto. Até outro dia? Sinceramente, não creio. Comecei outro livro e quero dedicar-lhe todo o meu tempo. Já se verá porquê, se tudo correr bem. Entretanto, terão aí o “Caim”.
 

P. S – Pensando melhor, não há que ser tão radical. Se alguma vez sentir necessidade de comentar ou opinar sobre algo, virei bater à porta do Caderno, que é o lugar onde mais a gosto poderei expressar-me.
 

Aproveitem e consultem aqui, o Blog da Fundação José Saramago ou leiam o texto África.
 

Até sempre.
Carlos Alberto Santos

 


Ex-Militares da 3485 no MEO Kanal
Canal nº 888882 – Ex-Militares da 3485 no MEO Kanal
mais sobre mim
Outubro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Sala de Leitura
pesquisar
 
subscrever feeds