O momento justifica-o e o objecto da família, Ex-Militares da Companhia de Caçadores 3485, impõe-no. Vamos, todos, contribuir com notícias e estórias do presente e do passado.
Comentar
publicado por Alto Chicapa, em 22.04.11 às 00:01link do post | favorito

DISSOLUÇÃO, uma extraordinária saga da vida nos mosteiros.

 

Traições, atitudes sexuais impróprias, desvios de fundos, assassinatos...

 

Quero partilhar este livro convosco, e deixar mais um testemunho às nossas memórias.

 

Para tal, continuamos com o nosso “Bookcrossing” à portuguesa. Um conceito que surgiu nos EUA no ano de 2000. Neste caso, pode ser resumido como a prática de enviar um livro a um amigo da cc3485, para ser lido, depois, por sua vez, deverá continuar a fazer o mesmo, enviar a outro amigo, com uma mensagem ou comentário.

 

O objetivo assumido deste “Bookcrossing”, é criar, entre nós, um sentimento de partilha tão grande que não se importem de libertar um ou outro livro que tenham gostado, em vez de mantê-los parados nas estantes.

 

Esta ação, não é para abandonar os livros que não queremos ou os nossos monos, é acima de tudo para partilhar as experiências e a leitura do livro que gostámos muito.

 

Na internet, no nosso site em http://www.cc3485.no.sapo.pt/ , é fácil dar notícias.

 

Escolhi o António Boavida de Alpedrinha para iniciar o nosso décimo segundo “Bookcrossing”.

 

Boa leitura e não parem o circuito!

Carlos Alberto Santos

 

Livros em circulação: Shantaram, Rosa Brava, Navegador da Passagem, Diário de um Guerrilheiro, Malabar, Filipa de Lencastre, Catarina de Bragança, A Casa Comboio, O Prémio, As Três Sereias, Papillon.


Comentar
publicado por Alto Chicapa, em 23.12.09 às 00:09link do post | favorito

A Companhia de Caçadores 3485 foi uma das três companhias operacionais do Batalhão 3870. Formou-se, no ano de 1971, no quartel de Chaves e no Campo Militar de Santa Margarida.

 

Podes recordar aqui, com algumas imagens, todos os nossos nomes.

 

Esteve em Angola de Fevereiro de 1972 a Julho de 1974.

 

...terra de magia e beleza... que podes recordar aqui, com fotografias cedidas pelo António Ferreira, Daniel Velosa, Carlos Alberto Santos, Álvaro Marques, Carlos Oliveira, Carlos Tavares Santos e Manuel Coimbra.

 

 

 

Angola, terra de magia e beleza, marcou a nossa juventude. As nossas memórias, entre perigos e alegrias, retiveram as populações, muitas e variadas paisagens de sonho e a camaradagem. Luanda, Nova Lisboa, Luso, Henrique de Carvalho, Teixeira de Sousa, Gago Coutinho, Sacassange, Canage, Lucusse, Alto Chicapa, António Cavula, Camachilonda, Cacolo, …, (nomes da época), fazem parte das nossas vidas.

 

...esta época, que fez parte das nossas vidas, e que podes recordar aqui com textos escritos por Manuel Esteves com Cambatxilonda, Manuel Carvalho com Paragem Leste  e Carlos A Santos com Chicapa, o final da viagem e As minhas conversas com Sá Moço.

 

 

 

Como qualquer guerra, esta foi igualmente injusta, estúpida, cruel e que em muitos momentos nos fez sofrer tanto, mas qualquer que seja a abordagem a este passado, sabemos que é extraordinário em todos os aspectos a camaradagem e a amizade que se mantém, como podes ver:

Um Feliz Natal para todos, e... um abraço do tamanho do Txicapa, como diz o nosso bom amigo Manuel Esteves.

 

Também desejo, umas Boas Festas e de um Bom Ano Novo ao povo angolano.

 

 

Carlos Alberto Santos

 


Comentar
publicado por Alto Chicapa, em 09.07.09 às 00:20link do post | favorito

Um grupo de cientistas Norte-Americanos, altamente “civilizados”, parte para uma ilha dos Mares do Sul, As Três Sereias.

 

Vão estudar os seus costumes.

 

Aí vivem profundos dilemas que põem em causa os padrões familiares e sexuais da nossa sociedade.

 

As conclusões… também serão vossas.
 

As Três Sereias, é um livro muito agradável, escrito por Irving Wallace.
 

Li-o no Alto Chicapa duas vezes. Esta semana, reli-o e achei-o, novamente, simplesmente brilhante. Percebi que nos consegue levar a mundos diferentes!
 

Já me disseram que um livro que não sentimos necessidade de ler duas vezes não mereceu ser lido uma. É um exagero, é verdade, mas com a idade vou concordando cada vez mais.
 

Se com isto não chamei a vossa atenção, então nada chama!
 

O livro, como já sabem, é as Três Sereias. Hoje, quero partilhá-lo totalmente convosco, o que é bom, e também para vos provocar a deixarem um testemunho e vos convidar a homenagearem a nossa união que tanto nos ajudou e melhorou.
 

Então, vou fazer uma espécie de “Bookcrossing” à portuguesa. Um conceito que surgiu nos EUA em 2000. No nosso caso, pode ser resumido como a prática de enviar um livro a um amigo da cc3485, para ser lido, depois, por sua vez, deverá continuar a fazer o mesmo, envia-lo a outro amigo com uma mensagem ou comentário.
 

O objectivo assumido deste nosso Bookcrossing à portuguesa, sem barreiras ou limites geográficos, é criar na família 3485, um sentimento de partilha tão grande que não se importem de libertar um ou outro livro que tenham gostado, em vez de mantê-los parados nas estantes.


Esta acção, está longe de ser o sinónimo de abandonar os livros que não queremos, é acima de tudo compartilhar experiências e a leitura do livro que gostámos muito.


Para quem tem e sabe usar a internet convido o novo leitor a entrar no nosso site http://cc3485.no.sapo.pt e informar onde está o livro.


Para facilitar a circulação deste e de outros livros juntei uma lista com os contactos que são conhecidos.


Para esta primeira acção escolhi o leitor, inicial, o amigo Fernando Gonçalves, o nosso algarvio. Dentro de um ou dois dias receberá o livro.

 

Força, boas leituras e não parem o circuito!


Até sempre.


Carlos Alberto Santos
 


Comentar
publicado por Alto Chicapa, em 23.06.09 às 22:03link do post | favorito

O livro que acabei de ler, chama-se "Catarina de Bragança".
 

Foi escrito por Isabel Stilwell, jornalista e escritora.


É um romance histórico, muito... muito agradável, fácil de ler, interessante... não o vão esquecer.
 

É bom para as férias. Recomendo!
 

 

Catarina de Bragança, a única portuguesa que foi Rainha de Inglaterra e após a morte do rei, ainda manteve um estatuto estranho, o de Rainha viúva, e... dizem que terá introduzido o protocolo do chá na Corte inglesa.
 

Boa leitura.

 

Carlos Alberto Santos

 


Ex-Militares da 3485 no MEO Kanal
Canal nº 888882 – Ex-Militares da 3485 no MEO Kanal
mais sobre mim
Outubro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Sala de Leitura
pesquisar
 
subscrever feeds