Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Notícias e Estórias

O momento justifica-o e o objecto da família, Ex-Militares da Companhia de Caçadores 3485, impõe-no. Vamos, todos, contribuir com notícias e estórias do presente e do passado.

Notícias e Estórias

O momento justifica-o e o objecto da família, Ex-Militares da Companhia de Caçadores 3485, impõe-no. Vamos, todos, contribuir com notícias e estórias do presente e do passado.

De passagem... por Kotor e Budva, Montenegro

Alto Chicapa, 10.10.17

Montenegro é um país muito jovem, muito pouco desenvolvido e sem moeda própria. Usam o euro, apesar de não estarem integrados na Comunidade Europeia. Fora das cidades há alguns campos agrícolas, pequenas casas dispersas, algumas inacabadas.

Montenegro10.jpg

As paisagens são genuínas e incríveis, ao ponto de ficarmos indecisos se tiramos mais uma fotografia ou ficamos a olhar mais um pouco.

Enquanto circulamos nas estradas estamos rodeados por Montanhas Rochosas Negras, daí vem o seu nome, Montenegro.

Nas cidades, que visitei, Kotor e Budva, há zonas densamente construídas, com casas, prédios estruturas de praia, estas sem gosto e muito pouco agradáveis à vista.

Durante as visitas os guias também privilegiavam os locais de filmagens, as casas de celebridades e as cadeias de hotéis que compraram ilhas. Fiquei com a ideia, que deixavam para um segundo plano tudo o que era cultural ou talvez porque há pouco para mostrar, mas não... Montenegro não é só paisagens de cortar a respiração.

A verdade, é que as minhas perspetivas não eram as melhores, mas a beleza incrível do país, onde tudo se mantem quase intato e preservado, transformou este destino num bom sonho inesquecível com tudo para umas belíssimas férias, a baixo custo.

Montenegro20.jpg

Montenegro21.jpg

Montenegro22.jpg 

Cidade de Kotor

No interior das muralhas, que trepam montanha acima, há pedras sobre pedras carregadas de história, há ruas estreitas com ar medieval e com verdadeiras obras de arte arquitetónicas, lojas, restaurantes, bares e esplanadas. A cidade, PATRIMÓNIO MUNDIAL DA UNESCO, visita-se rapidamente e sem pressas, mas tal como aconteceu em Dubrovnik / Croácia de um momento para o outro estávamos envolvidos numa multidão de turistas vindos dos cruzeiros no mar Adriático.

Portão do Mar

Montenegro30.jpg

Praça das Armas

Montenegro31.jpg

Montenegro32.jpg

Catedral de São Trifão

Montenegro33.jpg

Montenegro34.jpg

Montenegro35.jpg

Igreja de São Lucas

Montenegro36.jpg

Montenegro37.jpg

Palácio Pima

Montenegro38.jpg

Gatos de Kotor

Os gatos e a cidade são tudo num só movimento. A dedicação culmina num museu próprio. A  sua personalidade é visível em vários recandos, monumentos ou lojas. Dizem que na ex-Jugoslávia os gatos salvaram a população da peste.

Montenegro39.jpg

Montenegro399.jpg

Cidade de Budva

É, também, uma mistura de muralhas históricas, com lojas de artesanato, restaurantes, esplanadas e ruas estreitas, e a zona das praias, com palmeiras, muitos hotéis e muita gente a deslocar-se para a praia.

Montenegro40.jpg

Montenegro41.jpg

Montenegro42.jpg

Montenegro43.jpg

Montenegro44.jpg

 Carlos Alberto Santos

As viagens ampliam a vida

Alto Chicapa, 12.08.17

Uma viagem não é apenas um programa turístico.

 

Croácia10.jpg

 

É a experiência real a lidar com o stress de multidões, a aproveitar o dia mesmo quando está muito calor ou a chegar a tempo de ver o pôr do sol em Zagreb. É concluir que não há nenhuma fotografia que faça justiça a tanta beleza nos lagos de Plitvice ou em Medjugorje, "Entre Montes", trocar, por um dia, a capa de turista pela de um peregrino e descansar o espírito numa missa sob a bênção da Virgem Maria (Gospa, em croata).

 

 

É provar um vinho ou uma caneca de cerveja junto ao mar Adriático num tasco de uma qualquer ruela esquecida de Zadar. É experimentar todas as comidas, mesmo quando o arroz ainda estava cru na Bósnia, e achar , que em cada paragem, foi sempre a melhor refeição. É dar um beijo apaixonado na mulher depois de uma noite de amor em Split e pensar... quantos terão feito o mesmo ao longo dos séculos.

 

 

É encontrar poesia nas aves que sobrevoam as encostas e a grandeza das muralhas de Dubrovnic. É andar, perdido de prazer, no meio das ruas estreitas de Montenegro e dos seus adorados gatos... sentindo um "déjà vu" do antigo império Otomano admitindo a possibilidade da reencarnação.

 

 

Gostei de estar e da companhia.

 

Um forte abraço a todos. E aos 14 amigos de outras "guerras" mais um, este do tamanho do Chicapa.

 

 

 

Carlos Alberto Santos

Ex-Militares da 3485 no MEO Kanal

Canal nº 888882 – Ex-Militares da 3485 no MEO Kanal